Skip to main content
https://www.youtube.com/watch?v=GD_CcTKmGhw

8 dicas de como diminuir abandono de carrinho na sua loja online

Como diminuir abandono de carrinho é uma dúvida que persegue os donos de e-commerces. Mas, vamos ser sinceros, você e todo mundo que faz compras online já fez isso: colocou itens no carrinho de compra, mas na hora de concluir desistiu. Isso é bem comum na verdade, segundo um dos últimos estudos publicados pelo E-Commerce Radar, cerca de 80% das pessoas desistem de finalizar a compra.

Agora, o X da questão: por que e como diminuir o abandono de carrinho? Vamos ver tudo isso e, quem sabe, você consiga aumentar as suas taxas de conversão.

Continue e não abandone este texto!

Como calcular abandono de carrinho?

Pegue seu compasso, transferidor, régua, calculadora científica, lápis e borracha.

Na verdade, você não precisa de tudo isso. Mas, se fosse complicado assim, você, provavelmente, iria desistir, não é? É assim que seus clientes se sentem quando você começa a pedir muitas informações no processo de finalização de compra.

Na verdade, a conta para descobrir a taxa de abandono de carrinho é bem simples, olha só:

  • Divida o número de compras efetuadas pelo número de carrinhos criados. Depois, é só converter em porcentagem.

Veja na prática, com números aleatórios:

75 / 240 = 0,31

1 – 0,31 = 0,69

0,69 x 100 = 69%

Ah! É bom você definir antes o que considera abandono de carrinho. Será quando a pessoa está no processo de check-out e desiste? Ou quando ela só adiciona um produto no carrinho? Determine isso e use sempre como base para calcular a sua taxa de abandono de carrinho.

Se o processo de calcular foi mais fácil do que finalizar a compra no seu e-commerce, é melhor rever algumas coisas em seu site. Mas, é para isso que estamos aqui e vamos ajudar você a descobrir como diminuir o abandono de carrinho no seu site.

Por que o abandono de carrinho acontece

Por que o abandono de carrinho acontece?

Existem vários fatores que determinam por que o abandono de carrinho acontece. Podemos citar taxas, insegurança, navegação ruim, pagamento e muito mais. Mas, vamos explorar um por vez:

Frete

Quem gosta de pagar frete? Muitas vezes as pessoas desistem simplesmente pelo valor do frete, especialmente quem mora no Centro-Oeste, Norte e Nordeste. O frete alto desestimula a compra, porque não é um serviço percebido e interessante para o seu público. Leia também: Melhores agências de marketing digital do Brasil.

Insegurança

Estamos mexendo com dinheiro e informações importantes dos consumidores, por isso é essencial que eles se sintam confiantes de disponibilizá-las para você. O número de sites falsos e golpes online reduziram a confiança do público, afinal você compra de primeira em um site que não conhece ou prefere procurar em outro mais conhecido?

Check-out e cadastro

Nome, e-mail, telefone, endereço, CPF, nome do pai e da mãe… Na hora de fazer o check-out as pessoas querem agilidade e não estão muito dispostas a fornecer informações confidenciais, além disso um processo de check-out longo é enfadonho.

Site com erros

Fotos em baixa qualidade ou que não mostrem detalhe dos produto, páginas que demoram para carregar, busca e filtros que não funcionam acabam frustrando o consumidor que simplesmente desiste e pode ir lá no site de seu concorrente comprar.

Pagamento

“O quê? Não posso dividir no cartão?” Brasileiros adoram cartões de crédito, afinal é um modo que facilita o acesso aos bens de consumo mais caros. E se o seu e-commerce não tem isso, alguma coisa precisa ser feita.

Leia também:

Como diminuir o abandono de carrinho em seu e-commerce?

Já vimos o problema, agora vamos dar algumas dicas para saber como diminuir o abandono de carrinho.

  1. Facilite o frete

Claro que isso não se aplica a todas as compras, mas se você estipular um valor mínimo para ganhar o frete grátis pode até estimular que as pessoas comprem mais para não pagarem frete. Além disso, facilite o cálculo, é comum colocar essa informação na página do próprio produto e isso é uma prática feita por inúmeras páginas de e-commerce. O frete somente no check-out pode desestimular o consumidor a continuar com a compra, porque pode ser uma surpresa.

  1. Aumente a confiança

Evite redirecionamentos de páginas, e se for preciso seja bem claro quanto ao porquê e para onde a pessoa será levada. Além disso, utilize todos os protocolos de segurança, especialmente o SSL (Secure Socket Layer). Selos que demonstrem a idoneidade do seu e-commerce também são sempre bem-vindos, como certificados de segurança, antifraudes, Verisign Secured etc.

  1. Check-out transparente

O processo de check-out deve ser claro e sem muitas etapas. O recomendado é ter uma área para revisar o pedido antes de finalizar, confirmar o seu endereço e escolher a melhor forma de pagamento. Evite muitos passos e janelas, para que a pessoa não tenha muito tempo de repensar a sua compra ou desistir no meio do caminho.

  1. Cadastro

Aqui você não precisa pedir muitas informações, afinal isso pode ser solicitado em outro momento ou através de outros meios. No cadastro, peça somente informações essenciais para efetuar a compra e garantir a entrega. Pedir muitas informações pode deixar o processo longo, chato e burocrático, além de gerar desconfiança. Se possível, permita o cadastro utilizando redes sociais, Google etc., afinal isso deixa tudo mais prático.

  1. Depoimentos

Dependendo do seu e-commerce é uma boa ideia utilizar depoimentos de clientes que já compraram com você. Isso pode ser feito na sua página principal, ou os comentários podem ser inseridos nas páginas de produtos quando estiverem relacionados com os itens. Depoimentos são uma prova social muito forte, é como o boca a boca digital, as pessoas querem saber o que as outras acharam para se sentirem mais seguras na hora da compra.

  1. Meios de pagamento

Procure bens parceiros que permitam que o seu e-commerce ofereça várias bandeiras de cartões, parcelamentos, boletos digitais, débito em conta ou até mesmo os novos meios, como PicPay e PayPal. Essas alternativas proporcionam mais opções para os clientes, que se adequem às suas preferências e até ao seu orçamento.

  1. Site sem erros

Invista em fotos de qualidade, que demonstrem o produto em detalhes; procure ainda diminuir o tempo de carregamento de páginas e invista em UX, a experiência do usuário, para que a navegação seja intuitiva, e que seus clientes não tenham nenhum problema na utilização do site. Sabe o menu, botões ou fluxo de check-out que podem confundir? Chegou a hora de rever.

  1. Remarketing

Mesmo que a pessoa desista, você ainda pode investir para conseguir que ela volte e realize a compra. Isso se chama remarketing, chamar de volta alguém que procurou você mas desistiu. Envie e-mails e ofereça descontos (todo mundo ama descontos!), mostre que o produto continua disponível esperando pelo consumidor e que você tem condições imperdíveis.

O remarketing, aliás, é uma forma muito interessante de atrair de volta clientes desistentes, por isso, fizemos uma seção especial só para ele.

Como personalizar e-mail marketing de carrinhos abandonados

Como personalizar e-mail marketing de carrinhos abandonados?

Quando uma pessoa abandona um carrinho, não quer dizer que ela não quer fazer a compra, mas que simplesmente ainda não está confiante o suficiente para bater o martelo. O ato de já colocar os produtos no carrinho demonstra que ela possui um interesse nele, só falta aquele empurrãozinho final.

Para isso, construa um fluxo de e-mails que ajude a pessoa a se sentir segura o bastante para efetuar a compra. Você pode oferecer descontos exclusivos, compras conjuntas de itens que possam complementar os produtos dela, frete grátis e preços promocionais.

É claro que tudo deve se basear no histórico de compras e de navegação do consumidor pelo seu site. Além do e-mail, você pode enviar notificações e mensagens, mas sempre com cuidado para não se tornar spam e irritar o consumidor.

Enfim, essas são as principais dicas para você saber como diminuir abandono de carrinho e aumentar suas vendas. Mas, se ainda precisar de ajuda, pode contar com a nossa equipe para fazer uma análise completa em sua loja online e diminuir a taxa de abandono de carrinhos.



E se você gostou desse conteúdo, confira também:

Pedro Hermano

Pedro Hermano, bacharel em Publicidade e Propaganda pela (ESPM), especializado em Branding e Planejamento Estratégico de Marcas na McGill University, no Canadá e em Marketing Digital em Harvard. Pós-graduado em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral (FDC) e atualmente é sócio-fundador e diretor de criação da Agência 242. Em 2018, foi eleito Profissional Digital do Ano pela ABRADi-SP.