Skip to main content
Como criar personas ux

Persona e UX: Qual a relação entre eles e por que são essenciais no seu projeto

Personas e UX: O estudo sobre personas chegou longe, e sabemos atualmente que não basta apenas criar um perfil que diz “João é homem, tem 40 anos e é formado em engenharia”. Não. 

As personas que são eficazes e trazem resultados reais vão além da superfície e levam em consideração interesses pessoais, o lado emocional, traços de personalidade, valores.  Isso tem relação com UX, ou user experience – experiência do usuário, são conjuntos de elementos e fatores que contribuem para o entendimento de um determinado produto e ou serviço que podem gerar percepções positivas ou negativas em usuários. São elementos que visam relacionar o design e outras áreas com a experiência do usuário. Conhecer sua persona irá te ajudar a determinar em qual direção deverá seguir e os melhores caminhos que deverá trilhar para que seu projeto de UX seja efetivo.

Diferença entre público-alvo e persona

Os conceitos podem parecer semelhantes, mas não são.

O público-alvo é definição do segmento de mercado com o qual a empresa atua. Ele delimita um nicho, incluindo região, faixa etária, renda, sexo.

Já a persona define o perfil do cliente ideal para sua empresa.

O conceito de persona vai muito mais além dos aspectos gerais do público-alvo.

A persona detalha as informações do público-alvo.

Por exemplo, o público-alvo de uma construtora pode ser homens, de 35 a 50 anos, moradores de São Paulo, com faixa de renda superior a 5 salários mínimos que desejam comprar um imóvel.

Se a construtora utilizar apenas o público-alvo para se comunicar, a linguagem não será personalizada e delimitada, perdendo oportunidades de negócio.

Por isso, definir mais de uma persona é importante para que a comunicação seja focada.

Personas e relação com UX

O que é persona?

É um personagem fictício com base nas características do cliente ideal.

A persona em ux é uma representação detalhada do melhor cliente que possa ser atraído pelo seu projeto.

Essa representação é construída baseada em pesquisas do ramo de interesse e dados verídicos dos seus clientes atuais.

Uma das formas de obter essas informações é por meio do CRM, isso no caso de ramo imobiliário. Mas você pode utilizar testes de usabilidade, ferramentas para mapear o comportamento do visitante,  além de pesquisa de satisfação do cliente. A partir daí, você vai construir sua persona em ux.

Principais características de uma persona em UX

Além de um nome fictício, as principais características que sua persona ux precisa ter, são:

  • Localização geográfica;
  • Estado civil;
  • Profissão;
  • Idade;
  • Formação;
  • Estilo de vida;
  • Problemas;
  • Objetivos;
  • Renda;
  • Hobbies;
  • Aspectos profissionais;
  • Valores;
  • Dúvidas;
  • Ambições;
  • Hábitos de compra;
  • Dores relacionadas a serviços e produtos;
  • Como seu projeto em ux poderá ajudar.

Com todas essas informações, você pode escolher qual linguagem será adotada no seu projeto de ux para conversar com seu público.

personas e proto personas em ux

Quanto mais detalhe tiver sua persona, mais resultados as estratégias de marketing digital vão ter.

Personas são descrições detalhadas de seus clientes em potencial, baseadas em informações de seus consumidores reais. O que elas fazem é fornecer dados precisos sobre o perfil do seu “cliente ideal”, à respeito do que faz com que ele feche uma compra ou contrate um serviço.

Através da pesquisa necessária para encontrar a persona da sua empresa, as dores e problemas do seu consumidor também serão descobertos: como ele se comunica no dia a dia e outros insights extremamente importantes para o time de vendas, por exemplo. Se a sua persona é mais despojada e casual, dificilmente uma abordagem mais formal surtirá algum efeito. Leia também: Como usar o marketing digital para sair de uma crise financeira.

Benefícios da persona para UX

Além de direcionar de forma mais precisa as ações de marketing, a persona oferece insights e dados relevantes que vão ajudar a melhorar seus resultados e vender mais, tais como:

  • Palavras-chaves;
  • Meios de comunicação para investir;
  • Melhor linguagem;
  • Periodicidade e estilo da estratégia de e-mail marketing;
  • Formato de conteúdo ideal;
  • Assuntos a serem abordados;
  • Redes sociais a serem exploradas;
  • Melhor momento para oferecer produtos e serviços.

A persona em ux pode e deve ser utilizada em todas as fases do marketing digital e vendas.

Muitas empresas acreditam que persona limita o número de clientes, mas é o contrário.

Quando não há uma persona definida, as estratégias de comunicação e marketing não têm foco nem linguagem definidos, o que vai prejudicar a atração dos clientes potenciais no seu projeto de ux user experience. Veja sobre o nosso serviço de UX para landing pages.

Os principais benefícios da persona em projetos de ux são:

Foco nas ações:

Ao delimitar a persona, a empresa consegue reduzir o custo para conquistar os clientes, tornando a comunicação mais eficiente e com maior potencial.

Além disso, a persona ajuda a focar nas melhores práticas de marketing de conteúdo como blogs, redes sociais, etc.

Maior geração de leads:

A empresa só vai conseguir aumentar o número de leads, se souber onde estão seus clientes potenciais.

Com a definição da persona, é possível levantar essa informação em quais canais de comunicação seu potencial cliente está.

Essa definição vai tornar as ações de marketing mais eficientes para atrair visitantes e convertê-los em leads, além de saber onde focar nas estratégias de ux.

Aumento da taxa de conversão:

Um dos principais pilares do marketing digital é a criação de conteúdo relevante e qualificado para a persona.

Essa técnica vai ajudar no aumento da taxa de conversão do site, otimização da conversão, e por consequência, agregar valor à experiência do usuário junto à empresa.

Por exemplo, no caso de uma construtora, um visitante do site que deseja adquirir um imóvel em determinado bairro, vai se tornar um lead ao receber um infográfico com opções de transporte ou um guia com pontos culturais dessa região.

personas ux

Personas em UX

Certo. Mas, como começar? É importante entender primeiro o segmento da sua empresa, e lembrar que nem todos os perfis são criados da mesma maneira, mesmo se tratando de personas em ux. 

Algumas empresas contam com perfis demográficos amplos, enquanto outras segmentam com base em fatores como renda, educação e uso do produto. Isso pode depender de inúmeros fatores, como o tamanho da sua empresa, quantos produtos você fabrica e quantas pessoas fazem parte do seu time de marketing. 

Mas as empresas que se aprofundam mais combinam a pesquisa de clientes, teste a/b em sites e landing pages, dados demográficos e até psicográficos com registros de dados operacionais, como padrões de gastos, e criam narrativas para combinar características e circunstâncias dos clientes de alto valor em esboços. Ufa. 

Vamos por partes.

3 Dicas para projetos de UX/UI focados na persona

#1 Entenda os critérios de decisão:

Toda empresa sabe qual é sua proposta de valor; sabe o que faz seu produto ou serviço ser especial e também sabe o que faz com que seu produto fique um pouco atrás de seus concorrentes. Essa é uma compreensão muito superior e muito mais técnica do que até a de seus melhores clientes. O que acontece é que não é a empresa que compra — é o cliente. 

Ter isso muito claro em mente é absolutamente necessário para ser capaz de conseguir enxergar seu produto ou serviço através dos olhos do consumidor. O que faz o seu consumidor escolher dificilmente é o que faz você escolher. Na verdade, na maioria das vezes, não é. 

#2 Pense no envolvimento emocional:

O consumidor não compra se não tiver envolvimento emocional. Isso é cientificamente comprovado, e falamos sobre isso em outro artigo Como o neuromarketing pode ser a solução para empresas. Quando uma empresa se torna expert em emocionar seus potenciais clientes, o que ela recebe é uma audiência fiel e torna-se vista como autoridade no assunto. O que isso causa é ansiedade pelo próximo lançamento, e boas memórias atreladas ao último. Essa é a receita para a fidelização. 

#3 Não dispense o que não serve:

Quando você tiver identificado algumas personas realmente consistentes, haverá a tentação de descartar perfis que não encaixam. Esses perfis podem não valer a pena para criar grandes iniciativas ou mobilizar muitos esforços, mas tenha-os no radar. Pelo menos no início. 

Existe uma chance de que um novo segmento possa surgir que estava completamente fora do seu radar enquanto você montava outros perfis, e isso é algo que realmente acontece. 

O esforço para entender verdadeiramente o que leva o seu consumidor a comprar ou consumir o seu serviço, não é apenas para entender o que leva o seu consumidor a comprar ou consumir o seu serviço. Leia também: A importância do user experience: Como fidelizar clientes?

Para tal compreensão, você deverá entender o que o seu consumidor gosta de ouvir, qual sua idade, quais suas preferências pessoais, seus valores. Ele prefere uma vida mais tranquila ou uma vida na cidade grande? Ele fala muitas gírias? Ele gosta de quais cores?  

O exercício é realmente custoso, mas vale à pena quando os dados gerados pela pesquisa geram retorno de valor realmente tangível para a sua empresa. 

Persona em ux
Persona UX

Como construir a persona para projetos de UX

Como dito anteriormente, a construção da persona deve ser baseada nas pesquisas de mercado.

Várias empresas, sociedades e instituições que captam dados desse segmento podem lhe ajudar a obter informações para a criar sua persona em projetos de ux com foco real na experiência do usuário.

Além disso, é possível realizar uma pesquisa interna com seus melhores clientes e extrair informações como necessidades, características físicas, desafios, objetivos, hábitos de consumo, obstáculos, dificuldades, etc.

A partir daí, a empresa vai cruzar os dados internos e externos e identificar quais são os perfis que predominam.

O importante é encontrar um padrão.

Com isso, a empresa será capaz de formular sua persona condizente com o próprio projeto de ux e com a realidade atual da experiência do usuário.

personas em ux benefícios

Veja um exemplo de persona em ux no ramo imobiliário:

Cláudio, tem 38 anos, ganha entre R$ 8 mil e R$ 15 mil, é gerente de logística numa empresa de transporte aéreo em São Paulo. É casado, tem dois filhos em idade escolar.

Suas redes sociais prediletas são Instagram e Twitter para a vida pessoal e LinkedIn para acompanhar notícias sobre seu nicho de trabalho e recrutar profissionais. É palmeirense fervoroso e leva seus filhos todo fim de semana em jogos do seu time.

Adora curtir com a família a noite paulistana – bares, programas culturais e restaurantes nos fins de semana. Também adora viajar para o litoral com a família.

Sua maior dor é morar num bairro muito industrial e comercial, longe de parques, escolas, que poderiam proporcionar uma vida mais tranquila para sua família.

Pensando nisso, ele deseja comprar um imóvel num bairro mais familiar.

Ele é muito preocupado com a violência urbana e pretende morar em um condomínio, para oferecer tranquilidade e conforto para sua família.

Quer saber como criar sua persona em seu projeto de ux para gerar mais vendas? Fale conosco!

 


Pedro Hermano

Pedro Hermano, bacharel em Publicidade e Propaganda pela (ESPM), especializado em Branding e Planejamento Estratégico de Marcas na McGill University, no Canadá e em Marketing Digital em Harvard. Pós-graduado em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral (FDC) e atualmente é sócio-fundador e diretor de criação da Agência 242. Em 2018, foi eleito Profissional Digital do Ano pela ABRADi-SP.